Diz Aloisio Magalhães

Zuenir Ventura

Rio 12/1981

Isto É

… imenso de termos visto outros países, como eles operam, como eles resolvem seus problemas, como enriqueceram, eventualmente como adensaram a sua cultura. E essa é a grande lição que a Europa Latina pode nos dar. Tudo isso ainda é pra nós um privilégio, tudo isso é ainda pra nós uma coisa rarefeita, objeto de acesso de uma minoria.

Então eu insisto muito e peço muito aos países latinos da Europa que vejam bem que o problema do mundo novo de origem latina é bem diverso do problema da manutenção simples da herança latina que vivem os países da Europa. E há nisso até um perigo. Porque na medida em que a Europa Latina não entenda, não perceba essa peculiaridade da nossa herança do outro lado do mundo, haverá sempre o risco terrível de uma suspeita de que a ênfase européia dos nossos irmãos latinos seja ainda uma ênfase colonialista, dado que procuram ver em nós o que elas já são. E nem sempre isso é verdade. Há prioridades. Para mantermos o espírito latino e a ele darmos uma continuidade que, espero e tenho certeza, será magnífica, é preciso primeiro atravessarmos esta difícil situação que não se pode deixar de levar em conta quando se fala em cultura e componentes econômicos. Não acredito que para resolvermos os problemas econômicos dos países em desenvolvimento, seja indispensável, seja condição básica, perdermos a nossa latinidade. Ao contrário. Mas também não posso aceitar, que não pode deixar de ser levado em conta quando se fala em cultura, que seja deixado de lado os problemas econômicos e continuarmos debaixo dos riscos terríveis da pobreza, da miséria e da morte”.

Não creio que seja exatamente através de novas formas, às vezes tendentes à burocracia, a estruturas pesadas, que se vá ao encontro desse objetivo. Acredito que seria mais através da compreensão entre nós, dos encontros bilaterais, das ajudas, dos informes, da prática comum, que se enriquecerá mais e mais a latinidade. O problema pode ser equacionado por mecanismos que já existem, que já fazem parte do nosso repertório.

Anúncios