A Casa de Rosmer

Henrik Ibsen

Escola Técnica do Recife 5/5/1948

Hermilo Borba Fº – TEP

Cenografia e figurino de Aloisio Magalhães

1953

IU Libraries 2010

Arquivos

Diretoria de Documentação e Cultura

Teatro do Estudante de Pernambuco

  • p. 482

5 de maio — Estréia de A casa de Rosmer, de Ibsen, que tem grande repercussão para o lado da crítica. Sob a direção de Hermilo Borba Filho, os cenários e figurinos foram realizados por Aloisio Magalhães e os efeitos de luz planejados por Salustiano Gomes Lins.

O elenco se constituiu dos seguintes estudantes-atores: Alaide Portugal, Ana Ganen, Joel Pontes, Genivaldo Vanderlei, Epitácio Gadelha e Milton Persivo.

Os espetáculos foram assim programados:

5 de maio — Estréia na Escola Técnica do Derbi.

8 de maio — Espetáculo no mesmo local.

9 de maio — 3° espetáculo no mesmo local, com a presença do Governador do Estado, Barbosa Lima Sobrinho.

  • p. 483

O projeto da barraca — construída e doada ao T.E.P. pela Base Naval do Recife — foi do arquiteto e pintor Hélio Feijó. Cenários e figurinos de Aloisio Magalhães, luz de Salustiano Gomes Lins, bonecos de Cheiroso. 

O lançamento da barraca do Teatro do Estudante de Pernambuco foi um dos fatos mais revolucionários, artisticamente falando, já acontecidos no Recife e teve uma repercussão nacional. O mesmo espetáculo foi repetido durante doze vezes, nos núcleos do SESI, centros industriais e praça pública, tendo sido realizado, também, uma excursão à cidade de Catende, acrescentando-se ao programa A casa de Rosmer, de Ibsen.

Anúncios