Ordem do Mérito Cultural

2003

Uma Celebração da Diversidade Cultural  Brasileira

Aloisio Magalhães (in memorian)

O artista que soube conciliar o método e a pesquisa com a percepção sensível da erudição presente no cotidiano popular. Criou bases para um novo olhar sobre a imensa e complexa riqueza do fazer e do pensar em objetos e formas de todas as regiões do Brasil. Um dos designers mais importantes de sua época, nasceu em 1927, em uma família de políticos pernambucanos, e morreu na Itália, em 1982. Foi um dos idealizadores do Ministério da Cultura. Desenvolveu projetos conhecidos nacionalmente e internacionalmente, como a identidade visual da Petrobras (alterada há alguns anos), o desenho das notas do Cruzeiro Novo e o símbolo do Quarto Centenário do Rio de Janeiro. Recém-formado em Direito, foi estudar Museologia, em Paris. Na volta começou a trabalhar com design gráfico e a viver de sua pintura. Com a proposta de mobilizar estudantes para pensar no país em símbolos visuais, Aloisio Magalhães foi um dos fundadores da Escola Superior de Desenho Industrial (ESDI), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), em 1962.