Quando Despertarmos de Entre os Mortos

Henrik Ibsen

Teatro do Dérbi 26/11/1949

Hermilo Borba Fº – TEP

Cenografia e figurino de Aloisio Magalhães.

1953

IU Libraries 2010

Arquivos

Diretoria de Documentação e Cultura

Teatro do Estudante de Pernambuco

  • p. 483

O ano de 1949 foi encerrado com a peça de Henrick Ibsen, Quando despertarmos de entre os mortos, no novo Teatro do Derbi e com criação das Edições TEP, que programou como livro de estréia o de Jose Laurenio de Melo, intitulado Palhano. Todas as representações do Teatro do Estudante de Pernambuco durante o ano de 1949 foram patrocinadas pela Diretoria de Documentação e Cultura.

6/1/1959

BN

Correio da Manhã

Ed. 17.426

Teatro

  • p. 13

Quando Despertamos de Entre os Mortos, de Ibsen, no Recife

Genivaldo Wanderley (Rubek), Tereza Leal (Maja), Marco Aurélio Borba (Ulfheim), numa cena do primeiro ato da peça de Henrik Ibsen, “Quando Despertamos de Entre os Mortos”, realizada recentemente por Hermilo Borba Filho para o Teatro do Estudante de Pernambuco, com cenário e figurinos de Aloisio Magalhães.