O Cajueiro Nordestino

Mauro Mota

Aloisio Magalhães1982

UT Libraries 2008

  • p. 24

Valor recentemente reconhecido em livros e relatórios técnico-científicos, um deles o do Centro Nacional de Referências Culturais, absorvido pela Fundação Nacional próMemória, órgão interministerial então dirigido pelo sempre vivo pernambucano Aloisio Magalhães, com sede em Brasília. O Centro elaborou um projeto de Estudo Interdisciplinar do Caju. Para desenvolvê-lo, assinou convênio: em 1977, com a Fundação Joaquim Nabuco.

Anúncios