O Desenho é Tudo

Veja, arte, 101, 3/11/1968.

fonte: Acervo Veja 2010

  • p. 56

Aloisio MagalhãesÉ o que mostra a I Bienal Internacional de Desenho Industrial aberta até 31 de dezembro no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

“A caneta esferográfica e a sandália japonesa são exemplos de que o desenho industrial pode criar fontes inesgotáveis de dinheiro”, diz o professor da Escola Superior de Desenho Industrial, Orlando de Souza Costa, 33 anos. O stand americano da Bienal prova que o desenho industrial dá dinheiro, contando a história da máquina de costura.

“Com o progresso da imprensa, do rádio e da TV, o desenho industrial fundiu-se com a programação ou comunicação visual: símbolos, cartazes, marcas de produtos, filmes e jingles”,

diz Aloisio Magalhães, autor da marca da Light (dois eles formando um raio, símbolo da energia). Aos 41 anos de idade, Aloisio tem uma firma especializada em comunicação visual e leciona na única escola de desenho industrial em nível superior do Brasil, a ESDI do Rio.

Anúncios