FNpM

Brasília 17/12/1979

UT Libraries 2008

IPHAN

  • p. 14

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Centro Nacional de Referência Cultural (Brazil), Programa de Cidades Históricas (Brazil)

Criada a Fundação Nacional próMemória, vinculada ao MEC, com o objetivo de contribuir para “o inventário, a classificação, a conservação, a proteção, a restauração e revitalização dos bens de valor cultural e natural existentes no país.”

O projeto teve o irrestrito apoio dos parlamentares do governo e da oposição, o que, de acordo com o diretor-geral do IPHAN, Aloisio Magalhães,

“reflete o interesse despertado pela matéria, pois não há dúvidas de que esse foi o gesto mais importante do Executivo na área de proteção aos bens culturais, graças à iniciativa do Ministro Eduardo Portella”.

De acordo com Aloisio Magalhães, a Fundação Nacional próMemória será o órgão executivo do Patrimônio Histórico e

“dotada de uma estrutura operacional adequada em competência e especialidade para garantir à nova Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional as condições necessárias de atuação nas suas funções de preservação do bem cultural brasileiro”.

Saudado por Aloisio Magalhães, diretor-geral do IPHAN, José Mindlin, logo depois de empossado, fez um breve pronunciamento, quando disse da sua satisfação em integrar o Conselho Consultivo do IPHAN e de sua responsabilidade em substituir “a grande figura que foi Prudente de Moraes Neto”.

José Laurênio de Melo, responsável pelo Setor de Editoração da SPHAN/próMemória.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s