Encontros – Aloisio Magalhães

 2014
Azougue Editorial

Mas pergunto, não é claro que a força dessa tecnologia venha de fora. Por exemplo, uma televisão instalada numa praça de uma cidade do interior: é uma coisa que entra sem pedir licença. A princípio, não existiria uma possibilidade dessa força local fazer frente a essa tecnologia que está vindo de fora?

Não, o problema é grave. Em primeiro lugar, eu gostaria de dizer o seguinte: que a tecnologia em si mesma não é danosa. A tecnologia em si mesma é maravilhosa. Você poder ver, assistir simultaneamente a chegada do homem à Lua ou a missa de coroação do Papa. Você ter a capacidade de estender seu olho para um mundo e universo maior é em si mesmo uma grande coisa. O mal é quando essa tecnologia que em si mesma é neutra, está a serviço de uma persuasão, de uma insinuação negativa.
Então, o problema está muito mais em quem controla a emissão, que conteúdo é transmitido por esse maravilhoso instrumento. Isso é uma preliminar. Claro que aí você pode dizer que esse instrumento usado de uma maneira negativa, como em grande parte é usado no contexto brasileiro, ele é negativo, deformador, modificador. Vamos chamar assim de atitudes porque o que é emitido e o que é recebido talvez não seja o adequado. Bom, então a luta é uma luta difícil. Você está manejando contra uma situação complexa, de certo modo de uma inevitabilidade. Ou seja, o canal, o aparelho de transmissão sendo válido, sendo enriquecedor, ele já leva uma vantagem: eu acho que um dos pontos importantes é o da conscientização da coletividade. Na medida em que a coletividade sentir o seu valor próprio, sentir que ele tem significado e deve ser estimulado e evoluir naturalmente; na medida em que você melhorar esse grau de conscientização, a reação – se a gente pode dizer – a absorção da informação é melhor. E também a função de melhorar a qualidade do que é emitido. Então, se você tiver um pouco mais de reforço nessas formas convergentes, quem recebe deve ter mais crítica e quem emite deve ter mais consciência do que deve emitir. Eu acho que o problema não é fácil. Mas o problema poderia ser minimizado.

Anúncios