Claudia Moreira Salles (Rio 1955)

Mesa Mandala – tampo em palha de carnaúba
2006

sinalQuando você descobriu o que era Desenho Industrial, e por que resolveu fazer esse curso? 

Cláudia Moreira Salles – Eu fiz uma viagem à Itália aos 12 anos e, prestando atenção nos objetos do uso cotidiano – desde objetos de mesa a objetos de escritório – percebi que existia alguma coisa diferente do que a gente via aqui, que era essa coisa do design nesses produtos. Comecei a me interessar pelo assunto a partir daí, já que, na época, havia pouca interferência do design nos produtos do dia-a-dia aqui no Brasil, e não havia praticamente importação nenhuma. Então, eu soube que existia essa escola de Desenho Industrial, fui a uma exposição sobre o tema no MAM, e fui tomando contato com essa disciplina que eu pouco conhecia. Uma amiga da minha mãe conhecia o Aloisio Magalhães, então eu fui ao escritório dele e pedi para que fosse até a minha escola para explicar aos alunos o que era Desenho Industrial, pois era uma época próxima à do Vestibular, e a carreira era uma opção que poucas pessoas conheciam. O Aloisio foi à minha escola, fez uma série de projeções, e não havia ninguém melhor do que ele para atrair as pessoas para essa possibilidade.

Anúncios