Coletivas

Aloisio Magalhães participa em bienais brasileiras e internacionais, assim como em salões, exposições e mostras nacionais e estrangeiros com pinturas, litografias, desenhos de capas e ilustrações para livros, cenários e figurinos, desenho industrial, cartemas. Pelo vulto de sua obra ganha espaço em mostras póstumas nas quais é exibido historicamente seu legado.

Coletivas Nacionais 1953-54-55-56-59-60-61-63/1968, 1970-72-74-75-76-77 (ditadura)

Póstumas Coletivas Nacionais 1984-85 (ditadura) 1992-98, 2001-02-03-06-07-08-09-10-12-14

Coletivas Internacionais 1957-58, 1960-62, 1971-77

Póstumas Coletivas Internacionais 2008

Coletivas Itinerantes 1959, 1974

Póstumas Coletivas Itinerantes 1998

Coletivas Design 1968, 1970-72 (ditadura)

Póstumas Coletivas Design 1984 (ditadura) 1990-97

Coletivas Nacionais

1953, 13 dezembro à 1954, 26 fevereiro São Paulo

Bienal Internacional 2ª – MAM Pavilhão dos Estados

1954 Recife

Salão Anual de Pintura 13 – Museu do Estado de Pernambuco

Salão do Estado de Pernambuco (membro do júri)

1955 Rio de Janeiro – Distrito Federal

Salão Nacional de Arte Moderna 4

2 junho à 12 outubro São Paulo

Bienal Internacional 3b MAM

17 dezembro à 1956, 1 janeiro Salvador BA

Salão Bahiano de Belas Artes V – Divisão Arte Moderna – Diretoria Municipal de Turismo – Belvedere da Sé

1956 fevereiro à março São Paulo

50 Anos de Paisagem Brasileira MAM Palácio dos Estados – Parque Ibirapuera

3/6 Rio de Janeiro – Distrito Federal

 Salão Nacional de Arte Moderna V

1959 Rio de Janeiro – Distrito Federal

O Gráfico Amador – BN

janeiro

Recentes Aquisições MAM

21 setembro à 31 dezembro S. Paulo

Bienal Internacional 5b – MAM P. Ibirapuera

1960 Rio de Janeiro GB

Mostra do acervo da PG 3ª

1961 1 setembro à 31 dezembro São Paulo

Bienal Internacional 6 – MAM Parque Ibirapuera

1963 Salvador BA

Exposição Nordeste – MAP do Solar do Unhão

1968 nov. à dez. Rio de Janeiro GB

Bienal Internacional do Desenho Industrial  I – MAM

1970  nov. à dez. Rio de Janeiro GB

Bienal Internacional do Desenho Industrial II – MAM

1972 São Paulo

Arte/Brasil/Hoje: 50 anos depois – Galeria Collectio

Múltiplos Brasileiros – Galeria Múltipla de Arte

Rio de Janeiro GB

Exposição de Artistas Pernambucanos – capela da Reitoria da Universidade do Rio

Bienal Internacional de Desenho Industrial 3ª – MAM

1 à 30/12 Curitiba PR

Salão Paranaense 29 Teatro Guaíra

1974 Recife PE

Salão do Estado de Pernambuco

17/10 São Paulo

Panorama de Arte Atual Brasileira 6MAM Ibirapuera

1975 Recife PE

Coletiva de Abertura

1976 São Paulo

O Desenho em Pernambuco – Galeria Nara Roesler

11/11

O Desenho Jovem dos Anos 40Pinacoteca do Estado

1977, 15/12 à 1978 São Paulo SP

Panorama de Arte Atual Brasileira 9MAM Ibirapuera

1980 25/6 à 27/7 Curitiba PR

Mostra do Desenho Brasileiro 2 Teatro Guaíra (Júri)

Póstumas Coletivas Nacionais

1984 22/3 à 24/6 Rio de Janeiro

Doações Recentes 82-84 MNBA

1985, 3 à 31/10 São Paulo

Artistas Pernambucanos do acervo do MAC de Pernambuco – Salão Cultural da FAAP

30/10 à 24/11 São Paulo

100 Obras Itaú – MASP

1992, 10/12 à 1993, 14/2 Rio de Janeiro

A Caminho de Niterói: Coleção João Sattamini (MAC Niterói) 1 – Paço Imperial

1998, 13/1 à 15/2 Rio de Janeiro

Salão Nacional de Artes Plásticas 16 – MAM

14 maio à 14 junho São Paulo

Coleção MAM Bahia: pinturas – MAM Ibirapuera

2001

O Gráfico Amador: Vanguarda da Moderna Tipografia Brasileira

2002, 30/6 à 29/9 Porto Alegre RS

Apropriações e Coleções – Santander Cultural

3/9 à 5/10 São Paulo

Forma e a Imagem Técnicas na Arte do Rio de Janeiro: 1950-1975 -Paço das Artes

2003, 21/3 à 4/5 Recife PE

Ver de Novo/Ver o Novo

14/10 à 23/11 Niterói RJ

Apropriações: Curto-Circuito de Experiências Participativas – MAC

23/10 à 2004, 1/2 São Paulo

A Subversão dos Meios – Itaú Cultural

19/12 à 2004, 21/3 Rio de Janeiro

Ordem x Liberdade – MAM

2006 São Paulo

Desidentidade – Arte Brasileira Contemporânea no Acervo do MAM

2007, 22/1 à 2/12 Olinda PE

Olinda Arte em Toda Parte 7ª

2008, 15 julho à 11/9 Brasília DF

Utopia da Modernidade: De Brasília à Tropicália – Museu Nacional do Conjunto Cultural da República – Branca Sala

2009, 13/5 à 3/7 São Paulo

Anos 50 – 50 Obras – Galeria Berenice Arvani

4 dezembro a 30 janeiro 2010 Brasília DF

Entreséculos – Museu Nacional – Esplanada dos Ministérios

2010 Brasília DF

Bem do Brasil: Patrimônio Histórico e Artístico – Palácio do Planalto

17 março Recife PE

contidonãocontido

São Paulo

sp-arte 6

13 abril à 12 setembro

Puras Misturas – pavilhão Eng. Armando de Arruda Pereira – Parque do Ibirapuera

30 abril a 25 julho Rio de Janeiro

As Construções de Brasília – IMS

2012, 24 outubro a 30 novembro Belo Horizonte MG

O Gráfico Amador – Gabinete do Livro – Centro Cultural UFMG

2014 Rio de Janeiro

Arte e Sociedade no Brasil (cartilha ABC) – MAR

Coletivas Internacionais

1957, 5/7 N. Y. – Estados Unidos

Coletiva de Pintores Sul-americanos – Rolland de Aenlle Gallery

1958 Nova York – Estados Unidos

Recent Acquisitions of the CollectionMoMA

Cincinnati – Estados Unidos

Bienal de Internacional de Litografia Contemporânea em Cor 5 Cincinnati Art Museum

23 Feb. Estados Unidos

Philadelphia Arts Festival – Print Club

1960, 18 junho Veneza – Itália

Bienalle Internazionale D’Art 30b

1962 United States

New Art of Brazil by Walker Art Center – Minneapolis, in cooperation with City Art Museum of St. Louis, San Francisco Museum of Art [and] Colorado Springs Fine Arts Center

1971 Cali – Colômbia

Bienal Americana de Artes Gráficas 1 – Museo de Arte Moderno La Tertulia

1977 Madrid – Espanha

Exposición de pintura brasileña contemporánea – Instituto de Cultura Hispánica

Póstumas Coletivas Internacionais

2008, 19 januar à 6 april Estocolmo – Suécia

Tid and Plats: RJ 1956-1964 – Moderna museet

Coletivas Itinerantes

1959 Nova York, Washington, Filadélfia, San Francisco – Estados Unidos

Exhibición del Arts Club de Washington de Obras de Artistas Brasileños

Milão e Roma – Itália; Basiléia – Suíça; Londres – Reino Unido; 15/9 à 31/10 Viena -Áustria; Munique, 27/11 Leverkusen e 1960, 28/10 Hamburgo – Alemanha; Amsterdã e 16/3 à 15/5 Utrecht – Holanda; Barcelona e 22/6 Madri – Espanha; 25/7 Lisboa – Portugal; 2/9 Paris – França

Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa

1974 Bogotá – Colômbia; 1975, 2 a 18 julio Buenos Aires – Argentina

28 artistas de Brasil – Museo de Arte Moderno; 28 artistas del Brasil – Museo de Artes Visuales

Póstumas Coletivas Itinerantes

1998, 12/3 a 10/5 Rio de Janeiro e 4/6 a 5/7 São Paulo

Mostra Internacional de Design – CCBB RJ; Centro Cultural SP

Coletivas Design

1968 nov. à dez. Rio de Janeiro

Bienal Internacional do Desenho Industrial I – MAM

1970  nov. à dez. Rio de Janeiro

Bienal Internacional do Desenho Industrial II – MAM

1972 Rio de Janeiro

Bienal Internacional de Desenho Industrial 3ª – MAM

Póstumas Coletivas Design

1984, 19/11 a 31/1/1985 São Paulo

Tradição e Ruptura: Síntese de Arte e Cultura Brasileiras

1990, 27/9 a 18/10 Curitiba PR

Bienal Brasileira de Design 1ª

1997, 2/10 a 30/11 Porto Alegre RS

Aloisio Magalhães: o Design do Brasil – Bienal de Artes Visuais do Mercosul I – Vertente Construtiva / Design

Anúncios